Olá , durante a rotina clínica observei a importância do tema "FIMOSE" haviam muitas dúvidas de pacientes que eram comuns e repetitivas. Destas duvidas surgiu a ideia de fazer este site com o objetivo de orientar pacientes sobre a cirurgia de fimose.

Perguntas frequentes sobre fimose:


1- O que é fimose?

Fimose é a incapacidade ou mesmo a dificuldade em expor a glande

2- Eu tenho fimose?
Para responder a esta pergunta é necessário uma avaliação medica, mas em muitos casos onde a glande não é exposta o diagnóstico é facilmente feito.

3- Quais as complicações da fimose?
A fimose pode causar complicações urgentes:
Para-fimose ocorre quando o anel fimótico estreito desce expondo a glande e não consegue mais retornar. Neste momento ocorre o estrangulamento da glande, comprometendo a circulação semelhante a um elástico apertado ao redor do dedo.
Complicações muito comuns são:
Balanopostite , infecção da glande gerando mau cheiro e muitas vezes lesões avermelhadas na glande.
Fissuras e cortes na pele do pênis
DST – Doença Sexualmente Transmissível: embora a fimose não seja a causa direta da DST ela favorece a infeção e aumenta os riscos de todas as doença sexualmente transmissíveis incluindo AIDS ( HIV).
Dor ou incomodo na relação sexual
Complicações menos comuns:
Câncer de Pênis: A dificuldade de manter a higiene e as constantes infecções causam lesões que podem evoluir para carcinoma escamoso de pênis

4- Diabetes e fimose:
Pacientes diabéticos são mais vulneráveis a fimose e balanopostites , as sucessivas infecções causam cicatrização que contraem a pele. Esta contração aperta cada vez mais o anel fimótico. É muito comum paciente diabéticos adultos que antes expunham a glande passarem a não conseguirem mais esta exposição. As infecções fecham cada vez mais o anel fimótico e quanto mais fechado for este anel mais grave e mais frequente são as infecções que por sua vez fecha ainda mais o anel da fimose formando um ciclo vicioso. A cirurgia é fundamental para o tratamento da fimose no paciente diabético.

5- Como é feita a cirurgia da fimose?
A cirurgia de fimose é realizada em centro cirúrgico devidamente equipado e com urologista formado. Consiste em uma cirurgia na pele do pênis, não é feito cortes ou injeções na glande (cabeça do pênis) assim como também não altera a uretra (canal da urina).

Veja o vídeo abaixo mostrando esquematicamente como é feita a cirurgia.


Dr. Mario Delgado - Fimose from Medicina Direta on Vimeo.


 6- A cirurgia é dolorida?

A resposta é NÃO , a cirurgia é simples e praticamente indolor. A anestesia é realizada inicialmente com spray e gel anestésico (semelhante ao gel do dentista) após isto usamos anestésico local com agulha de insulina (a menor agulha utilizada para aplicar insulina em pacientes diabéticos). Após o efeito anestésico a cirurgia transcorre sem dor alguma.
6-Quais os benefícios de operar a fimose?
Após a cirurgia fica mais fácil manter uma higiene adequada , reduz o risco de todas as doenças sexualmente transmissíveis e o risco de câncer de pênis. Existe um benefício também relatado por alguns pacientes com melhora da ejaculação precoce.

7- Quais as complicações da cirurgia?
As complicações são as de todas as cirurgias como infecção , dor , hematoma , deiscência de pontos. A incidência destas complicações são baixas e quando ocorrem são de fácil tratamento clínico.

8- Quais são os cuidados pré-operatórios?
Antes da cirurgia é necessário raspar todos os pelos pubianos , e aconselhamos um jejum de 2 horas. A princípio não há necessidade de exames pré-operatórios por se tratar de uma cirurgia simples e de pequeno porte.
Caso o paciente possua alguma doença ou faça uso de medicamentos estes devem ser informados ao médico.

9- Quais são as orientações para o pós-operatório?
Este é o item mais importante que gosto de ressaltar a todos os paciente que irão realizar a cirurgia.
No pós-operatório é necessário tomar todas as medicações conforme a orientação de seu médico, evitar ereção ao máximo. As ereções ocorrem, muitas vezes involuntariamente, quando isto ocorrer recomendamos compressa gelada local, lavar o rosto e as mãos com agua fria.
Outra orientação importante é ficar longe de todos os possíveis acidentes como chutes , boladas (jogando futebol ou outros esporte). E por fim a abstinência sexual por 4 semanas.
O paciente deve realizar ao menos 2 consultas de retorno com seu médico até a alta definitiva.

10- Como é feita a anestesia para cirurgia?
A anestesia é feita com spray anestésico , gel de xilocaína e por fim anestésico local. A anestesia local é aplicada apenas na pele e na base do pênis, não ocorre injeções na glande.
Trata-se de uma cirurgia praticamente indolor.

11- O pênis muda de tamanho após a cirurgia?
Esta também é uma duvida comum, na verdade não ocorre alteração no tamanho do pênis pois a cirurgia envolve apenas a pele "fimose".

12- A cirurgia cura curvatura no pênis?
Existem vários tipos de curvatura de pênis , a cirurgia de fimose não tem o objetivo de curar curvaturas , mas eventualmente quando a curvatura ocorre por causa da retração da pele ou mesmo do freio balanoprepucial está curvatura é corrigida automaticamente.

13- Quanto custa a cirurgia de fimose?
A cirurgia de fimose tem um valor que varia de 1 a 10 salarios mínimos. Esta grande variação se dá devido aos custos para realização da mesma. Por exemplo: cirurgias em hospitais custam mais caras pois à necessidade de pagar internação, centro cirúrgico, material cirúrgico utilizado, cirurgião, anestesistas entre outros gastos. Já cirurgias realizadas em ambiente ambulatorial são mais baratas por terem menos gastos anexados ao procedimento.
Normalmente reservamos a cirurgia em ambiente hospitalar (mais cara) apenas para crianças que necessitam de anestesia geral.

14- Qual a melhor idade para operar a fimose?
Esta é uma pergunta sem resposta única. Em casos muito graves onde o recém nascido não consegue urinar a cirurgia deve ser realizada já nos primeiros dias de vida. No entanto na maioria das vezes optamos por aguardar a puberdade pois ocorre cura espontaneamente com o crescimento da criança na maioria dos casos.
Adultos e idosos também podem necessitar de cirurgia e é muito mais comum a cirurgia no adulto do que se pensa. A fimose pode e deve ser operada em adultos e idosos a partir do momento que passam a causar dor e/ou infecção de repetição. Com os episódios de infecção e cura repetitivamente gera cicatrizações que fecha cada vez mais o anel fimotico. É muito comum ver com o correr dos anos pacientes perderem a capacidade de expor a glande.

15- Eu preciso ler e estudar tudo antes da cirurgia?
Na verdade não! O importante é você estar seguro e entender o motivo da cirurgia assim como os cuidados pré e pós-operatórios. Mas se você ainda assim estiver inseguro procure um urologista para tirar todas as suas dúvidas.

16- Onde posso operar a fimose?
A cirurgia deve ser realizada em uma clínica devidamente equipada com centro cirúrgico especializado em cirurgias ambulatoriais com medico urologista devidamente credenciado pelo MEC e pela SBU – Sociedade Brasileira de Urologia.

Clique aqui e agende sua consulta sem compromisso


Estas foram algumas das perguntas mais frequentes sobre fimose que encontramos em nossos consultórios. 
Se você ainda tem alguma dúvida sobre este tema, mande suas dúvidas no espaço abaixo para que possamos responder e ajudar cada vez mais outros pacientes.

Seus dados pessoais não serão revelados apenas a sua pergunta!

Pergunte: A sua duvida pode ajudar outros pacientes


fimose1



Dr. Diego Delgado / Centro Brasileiro de Urologia Fone: 2338-3600 / 3045-6436

Esta página foi útil?

Seus comentários ajudam a aperfeiçoar este site.

Redes Sociais

Compartilhe esta página com os amigos, família e clientes

© 2014 Centro Brasileiro de Urologia
pwr md