Vamos falar sobre disfunção erétil

Um assunto delicado para os homens é a dificuldade de ereção. Infelizmente, esse assunto ainda é tabu para muitos e isso dificulta a busca por ajuda médica especializada.

Como já explicamos por aqui, a disfunção erétil (DE) refere-se à dificuldade em manter ou obter uma ereção durante as relações sexuais.

Esse problema pode ser passageiro ou uma disfunção que se torna recorrente e pode ser desencadeada por diversos fatores emocionais e/ou relacionados com o metabolismo.

Quais as principais causas?

 – Fadiga;

– Estresse;

– Ansiedade;

– Maus hábitos de vida (tabagismo, alcoolismo, sedentarismo);

– Depressão;

– Desequilíbrio nos níveis hormonais;

– Efeitos colaterais de certos tipos de medicamentos;

– Alterações vasculares para os homens com mais de 50 anos que apresentam diabetes e alterações no colesterol (sendo a grande maioria dos casos).

É importante entender que não é preciso ter vergonha alguma na hora de buscar ajuda. Afinal, só assim o homem poderá receber a assistência necessária.

Após perceber o problema e consultar um urologista, o médico irá indicar o tratamento mais adequado para seu caso.

Quais as opções de tratamento para a disfunção erétil?

Os tratamentos para a disfunção erétil podem acontecer por meio de reposição hormonal nos casos indicados, medicações orais inibidoras da enzima PDE5 ou por injeções intracavernosas aplicadas no pênis.

Além destes, destacamos um novo tratamento, sem efeitos colaterais para esta queixa: o tratamento por ondas de choque.

Como o tratamento com as ondas de choque funciona?

Aqui, no Centro Brasileiro de Urologia, temos um aparelho exclusivo para tratar a disfunção erétil, com aprovação da Sociedade Americana de Urologia e a Sociedade Brasileira de Urologia.

As ondas de choque causam micro fraturas vasculares e, na impotência de causa vascular, o paciente percebe uma nítida melhora na ereção após o tratamento.

Isso porque as micro fraturas deixam os vasos mais flexíveis e estes, por sua vez, apresentam maior capacidade de dilatação durante a atividade sexual.

A função desse tratamento é aplicar energia mecânica diretamente no corpo do pênis e assim, melhorar a capacidade de manter a ereção.

Além do tratamento após o diagnóstico, o tratamento com as ondas de choque pode ser utilizado como tratamento preventivo para disfunção erétil, pois mantém um bom funcionamento vascular peniano e oferece melhor qualidade para a vida sexual deste homem.

Gostaria de saber mais a respeito? Entre em contato conosco.

Para agendar uma consulta com um dos Urologistas do CBU ligue para 3046-3690 ou clique aqui e faça o agendamento online.