Já é ensinado às mulheres, desde muito jovens, a importância de fazer um acompanhamento com seu médico ginecologista.

No caso dos homens, essa questão é bem diferente. Muitos homens só vão ao médico quando tem alguma queixa que está impactando diretamente na sua qualidade de vida.

São poucos aqueles que realizam o check up anual para monitorar sua saúde e se prevenir de eventuais intercorrências.

Geralmente, os homens têm mais medo de ter que lidar com algum tipo de doença.

Deixe o preconceito de lado

Para muitos, a ida ao médico e o pedido de ajuda é considerado fraqueza, sinal de vulnerabilidade.

Quanto mais machista e patriarcal for a cultura em que o homem cresceu e está inserido, menos disponível ele estará para abraçar a sua fragilidade e entender que isso faz parte de sua condição humana.

Se entrarmos no detalhe do que acomete as doenças urológicas, o terreno fica ainda mais sensível.

Vamos de problemas simples desde a higiene básica até situações mais graves como o câncer de próstata.

Dica para as mulheres que querem ajudar seus maridos a cuidar da própria saúde

Converse bastante com ele sobre a importância de um diagnóstico precoce para doenças como: hipertensão, diabetes e obesidade, entre outras.

Prevenção é o melhor remédio

Para prevenir doenças urológicas como o câncer de próstata é imprescindível que aqueles que estão acima de 50 anos deixem o preconceito e o tabu de lado e se consultem com o urologista anualmente.

O diagnóstico tardio acarreta no agravamento da doença e causa até impossibilidade de cura para alguns casos.

O homem adulto deve tomar para si a responsabilidade pela sua própria saúde, realizando o acompanhamento periódico com seu médico e seguindo suas orientações de maneira correta.

Aqui na clínica, temos profissionais altamente qualificados e dispostos a ajudá-lo nesta questão.

Para agendar uma consulta com um dos urologistas do CBU ligue para 3046-3690 ou clique aqui e faça o agendamento on-line.