Balanite é uma doença que acomete os homens, na região genital, mais precisamente no prepúcio.

Pode ocorrer uma inflamação conjunta da glande (cabeça do pênis) e do prepúcio (pele que recobre a glande). Quando isso ocorre chamamos de balanopostite.

No entanto, hoje especificamente, vamos falar da balanite que se caracteriza pela inflamação da glande.

Quais as causas da balanite?

Podem ser diversas as causas: bactérias, vírus, fungos e alergias; a mais frequente é a infecção pelo fungo candida albicans.

É uma infecção sexualmente transmissível, mas dependendo da causa da inflamação pode sim estar associada a IST’s (Infecções Sexualmente Transmissíveis) como sífilis, gonorréia, AIDS, dentre outras.

Alguns fatores de risco também favorecem o surgimento da doença:
higiene íntima inadequada, diabetes, obesidade, baixa imunidade e uso frequente de antibióticos.

Sintomas da balanite

Em alguns casos não há sintoma, mas quando ocorrem são:
• Vermelhidão de pele local;
• Secreção local;
• Coceira e ardência;
• Dor na relação sexual;
• Pode ocorrer queixas urinárias também.

Diagnóstico

É considerado os sintomas e a aparência das lesões, porém pode ser necessário solicitar exames laboratoriais para determinar o agente causador específico da infecção para direcionar o tratamento.

Por sua relação com o diabetes, é útil também medir a glicemia.
Possível alergia ao látex do preservativo também deve ser investigada.

Tratamento

Inicialmente, é realizado o tratamento com pomadas e cremes indicados pelo urologista para alívio dos sintomas.

De acordo com a causa, pode-se indicar tratamento oral com antifúngicos ou antibióticos.

Prevenção

Realizar uma higiene adequada e cuidadosa da glande e de toda a área genital é medida indispensável na prevenção da balanite.

Retrair a pele do prepúcio antes de urinar e secá-lo depois com papel higiênico, assim como lavar as mãos antes e depois de urinar, são formas que ajudam a prevenir e evitar a infecção.

Se tiver alguma dúvida, ou estiver com algum sintoma, agende uma consulta com um dos urologistas do CBU, clicando aqui ou ligando para o tel: 11 3046-3690.