O que acontece quando o paciente tem hidronefrose?

A hidronefrose é a dilatação do rim que ocorre quando há algum tipo de obstrução no ureter. Essa condição impede que a urina se desloque para a bexiga.

Nos casos de hidronefrose, o rim não funciona normalmente e sua função vai diminuindo, podendo existir risco de desenvolver uma insuficiência renal.

Por mais que esse não seja um problema comum, é importante conhecer o sobre o assunto, pois os pacientes que sofrem de problemas renais, principalmente, têm mais propensão de desenvolver a hidronefrose.

Causas da doença

A maioria dos casos de hidronefrose é causada por outras doenças renais como tumores nos rins ou cálculo renal. Essas duas doenças podem originar a obstrução do canal urinário, causando assim, o inchaço dos rins.

Porém, outras complicações que não estão relacionadas ao órgão também podem desencadear essa condição.

Os outros fatores de risco incluem:

  • Inflamações ou lesões no ureter;
  • Infecções no trato urinário;
  • Câncer de próstata, bexiga, cólon, colo de útero ou no ureter;
  • Hiperplasia benigna prostática;
  • Refluxo vesicoureteral;
  • Em mulheres, a cistocele (bexiga caída), uma condição que cria uma protuberância da bexiga dentro da vagina, também pode causar a hidronefrose.

Para as mulheres, a gravidez pode ser um grande fator de risco, pois o útero aumenta de tamanho e pressiona os órgãos ao redor, podendo assim causar algumas reações adversas, incluindo a hidronefrose.

Além disso, o crescimento do feto pode interferir nas vias urinárias, impedindo a passagem da urina e fazendo com que ela se acumule nos rins.

Dependendo do grau de inchaço dos rins, a hidronefrose pode ser assintomática.

Sintomas da hidronefrose

Quando surgem os primeiros sintomas são mais leves e incluem vontade para urinar frequentemente e vontade repentina de urinar. No entanto, com o tempo, podem surgir outros sinais como:

  • Dor constante na parte superior do abdômen e costas;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dor ao urinar;
  • Sensação de bexiga cheia mesmo depois de urinar;
  • Dificuldade para urinar;
  • Redução no volume da urina;
  • Febre baixa.

Tratamento

O tratamento para hidronefrose consiste em drenar a urina acumulada e eliminar a causa da doença, para que a urina possa fluir livremente até à bexiga e sair do rim, diminuindo o inchaço.

Ao perceber algum tipo de sintoma, procure um profissional de sua confiança para fazer o diagnóstico e o tratamento mais indicado para o seu caso.

Se precisar, agende uma consulta com um dos urologistas do CBU, clicando aqui ou ligando para o tel: 11 3046-3690.